ASSISTI NO CINEMA: O BOM (FILME) DINOSSAURO

11:51 6 Comments A+ a-


Depois de tanto enrolar enfim resolvi falar sobre O Bom Dinossauro. Não tão estranhamente, já que adoro fazer isso, eu assisti a animação duas vezes e logo na sequencia, não me dei nem ao luxo de respirar um pouco. 

Tentando fazer um resumo geral, o filme trabalha sobre o imenso: E SE o meteoro que teoricamente teria extinguido a vida da Terra há muitos zeros de distância de nós não tivesse atingido o nosso planeta? De um jeito divertido o meteoro passa direto da Terra e assim os dinossauros continuam tranquilamente as suas vidas, então alguns milhões de anos após o QUASE fim do mundo os dinossauros se desenvolveram como teria sido com o ser humano. Arlo e sua família vivem em uma fazenda onde o seu principal sustento vem da terra, mais especificamente eles vivem do milho. O jovem dinossauro é claramente muito medroso (me identifiquei horrores) e após alguns eventos ele literalmente cai em uma aventura.


Depois da Pixar ter nos presenteado com o incrível e “mudador” oficial de filosofias de vida, Divertida Mente, é claro que muitas pessoas foram ao cinema se preparando para mudarem sua filosofia de vida uma segunda vez, pois a Pixar tem o direito de fazer isso conosco. Porém, e isso é um gigante porém, O Bom Dinossauro it’s not the new black, ele não é e em momento nenhum prometeu ser um novo Divertida Mente, o que deixou pessoas chateadas e pior, comparando um filme com o outro, o que não tem sentido nenhum, afinal são histórias TOTALMENTE diferentes. 

Enfim, deixando o meu desabafo para trás, vamos focar apenas em O Bom Dinossauro. A primeira coisa que me atraiu quando começaram a sair as primeiras noticiais à respeito de O Bom Dinossauro foi: tem dinossauros. E bom, não precisava de segundo motivo, afinal era um filme da Pixar e dela sempre espero nada menos que o melhor (a gente releva Carros 2). 


Acho que uma das coisas que mais merece destaque na animação é o visual maravilhoso, enquanto eu assistia o filme com a minha irmã eu ficava na orelha dela “isso é muito real, não pode ser só computação gráfica” e realmente depois vi em algum lugar que algumas cenas foram feitas com cenários de verdade. E FICOU LINDO! Uma cena em que o Arlo está na beira do rio, o sol nascendo batendo direto no rosto verde dele era tão real, ficou tão incrível que eu me permiti ser iludida (sofredora) por alguns instantes, acreditando que o Arlo existia mesmo.

Como falei, o filme apresenta uma história simples, eu diria que os seus pontos principais são o desenvolvimento da amizade e o desenvolvimento do próprio personagem principal, no caso, o Arlo. Vemos um dinossauro covarde tendo que lidar com os seus próprios demônios e descobrindo que existem muitas coisas maiores que os seus medos, como por exemplo a amizade que cresce entre ele e o menino (lobo?), Spot. 

O Bom Dinossauro pode não ser um Divertida Mente, o que o torna ainda melhor, afinal ninguém quer um repeteco, de um jeito simples o filme mostra coisas valiosas. Não é um filme perfeito, pois ainda tem os seus deslizes, porém em nada diminuem a sua beleza e encanto. E termino esse post com a seguinte frase: a única forma de ser corajoso é sentindo medo (essa é para você, Arlo!).


PS: mas pensando em Divertida Mente, seria BEM engraçado ver como funcionava a mente do Arlo cada vez que ele saia gritando. 

6 comentários

Write comentários
25 de janeiro de 2016 13:11 delete

Eu posso dizer que também estava esperando sua resenha? Porque eu estava! E concordo com tudo o que você disse. As pessoas se frustraram porque foram assistir com expectativas surreais. O Bom Dinossauro claramente não pode ser comparado com Divertida Mente, pois são histórias diferentes, com níveis de complexidade distintos e umas poucas mensagens em comum, como a questão da família e das emoções, afinal, se tem uma coisa que o Arlo é, com toda certeza é medroso. KKKK (também me identifiquei). A fotografia dessa animação é simplesmente maravilhosa (se é que eu posso dizer que tem fotografia na animação, mas enfim), e eu fiquei absolutamente encantada com praticamente todas as cenas, mas também destaco a do campo de vagalumes em todas as vezes que ele aparece. Tem momentos no filme que parecem tão realistas que eu fiquei com a impressão de que estava assistindo um live action. Como a Pixar é a diva suprema das animações, claro que acertou mais uma vez e nos deixou encantados novamente com a capacidade criativa e de envolver que eles tem, aqueles lindos de lá. E eu amei o curta metragem que passou antes, não podia deixar de comentar isso. É bem produzido, absolutamente lindo e com uma carga cultural fantástica. Eu gostei bastante da experiência deste filme no geral, e quero ver de novo! Ha, e você é a rainha dos comentários gigantes, não consigo te superar KKKKKK Um beijo : *

Reply
avatar
26 de janeiro de 2016 03:28 delete

Eiiiita, fiquei morrendo de vontade de assisti agora!!
Eu normalmente não gosto de assistir animações no cinema, tenho medo de gastar dinheiro com algo que pode não me conquistar, entende? haha. Mas acho que corro esse risco com qualquer filme, mas sério, agora fiquei na vontade.

Beijos <3

Reply
avatar
27 de janeiro de 2016 10:07 delete

Eu adoro Pixar, porém ainda não assisti Divertidamente (não me bata!).
Os dinos mereciam um bom filme, porque aquele outro da Disney eu não gosto não :/
Beijos

Reply
avatar
27 de janeiro de 2016 16:57 delete

Quando eu vejo um filme legal eu já fico "tomara que a Lettícia fale dele, tomara que fale dele" hahaha nós costumamos ter opiniões beeem parecidas a respeito dos filmes.
Ai, eu até parei de ficar lendo os comentários das pessoas pela internet a respeito do Bom Dinossauro, porque estava começando a me tirar do sério, a maioria em algum momento tinha alguma citação de Divertida Mente. Eu não entrei no cinema esperando um filme igual ao anterior, pelo contrário, fui para ver algo beeem diferente e por isso sai muito feliz. Com algumas coisa eu tenho que concordar, como aquele dinossauro maluco que já esqueci o nome, o que tinha vários mascotes, você via a propaganda do filme e pensava que ele ia ser importante na história, mas no final se você parar para analisar, se simplesmente cortassem ele do filme não ia fazer a mínima falta, a única contribuição dele foi existir para criar uma situação onde se criasse um nome pro garotinho, coisa que podia ser muito bem trabalhada de outra maneira.
Outra coisa nada a ver que comentaram: que a morte do pai do Arlo não serviu para nada no filme além de causar comoção. Mas pense, se o pai do Arlo não tivesse morrido na situação em que morreu, Arlo não sentiria raiva do Spot, portanto ele não teria caído naquele rio com o Spot e ai começado toda a aventura. E sem contar que a cena em que o Arlo salva o garoto teve um significado de superação, pois estava BEM claro o quanto Arlo sentia-se apavorado só de lembrar daquela onda de destruição que matou o seu pai, ele se jogar no meio daquela coisa para salvar o Spot mostrou que ele superou o medo, que ele percebeu que naquele momento se jogar para salvar um amigo era muito maior que qualquer outra coisa que pudesse sentir.
Das animações da Pixar e da Disney eu não espero nada menos do que cenas que me farão chorar hahaha eu já estou pensando aqui "em que momento chorarei em Zootopia?" hahaha
Fazendo jus ao que você falou, CÁ ESTÁ um mega comentário DE NOVO! Eu falo de mais!!!! shauhsauhsa

Reply
avatar
27 de janeiro de 2016 17:01 delete

Nossa, falou que vai sair animação da Disney ou da Pixar no cinema, eu já to me programando meses antes pra ver e me preparando psicologicamente, porque sei que em algum momento vai me destruir emocionalmente hahaha
Se assistir O Bom Dinossauro, eu quero resenha lá no seu blog u-u hahaha

Reply
avatar
27 de janeiro de 2016 17:05 delete

GENTE! Vai assistir esse filme PRA ONTEM! hahaha
Divertida Mente tem um significado muito especial pra mim <3 eu amo essa animação com todas as minhas forças. Mas sério mesmo, assiste! Porque é um filme que agradou geral, como eu falei: é um mudado de filosofia de vida hahaha
Sério? Nossa, eu assistia esse filme TODA VEZ que eu ia na casa do meu primo, coisa que quando eu era criança era praticamente todo fim de semana. Ele tinha uma porrada de fitas das animações da Disney (ainda era fita haha), ai toda vez era uma maratona de animações, assistia mil vezes o mesmo filme e esse dos dinossauros estava incluso. Outro dia assisti ele e foi bem nostálgico <3
Eu acho que você vai gostar de O Bom Dinossauro, a pegada do filme é beeeem diferente desse outro, totalmente diferente.

Reply
avatar

O que dizer dessa pessoa que está escrevendo um comentário? TE CONSIDERO PAKAS!