SEGUNDA SEMANA DO NANOWRIMO 2016

13:41 2 Comments A+ a-


Basicamente era para esse post ter saído no dia 16, mas digamos que eu meio que esqueci completamente, principalmente por ter passado o feriado em um acampamento, quase esqueci da vida fora dele. 

A primeira semana do NaNoWrimo foi finalizada com muita felicidade, eu estava com a animação em níveis que nunca tinha sentido, e terminei o dia 09 com cerca de 18 mil palavras, o que era um número bem surpreendente para quem não tinha chego nesse número na edição anterior do NaNo. Falei sobre o temor de toda essa animação ir embora em algum momento, pois quem costuma escrever histórias entende bem o quero dizer quando falo que tem hora que desanima e você não quer mais escrever aquela história, pois fiquei com um baita medo disso acontecer, mas segui escrevendo. 

Eu estaria mentindo se dissesse que em alguns momentos eu não me senti um pouco cansada, ou pensava “será que essa história é legal mesmo?”, as vezes batia um leve desanimo, porém é com felicidade que digo que foi coisa momentânea, pois eu mesma fazia o favor de espantar esse sentimento escrevendo ainda mais e continuando a planejar as partes ainda não muito definidas da história.

Pois fecho essa madrugada de 18 de novembro com incríveis 39.676 palavras, é o mais longe que eu em algum momento cogitei chegar. Cada vez que eu olho esse número, ou aquele pequeno número que falta para completar as 50 mil palavras, meu queixo vai no chão e volta, não imaginei que chegaria tão longe, principalmente com todos esses temores de bater um desânimo, ou acabar com os burros na água em algum momento da história. 

Conforme a história vai andando, e diga-se de passagem, está meio escrito de qualquer jeito, o negócio vai crescendo ainda mais, que acredito que dificilmente vai parar nas 50 mil palavras, mas independente se tenham que ser 55 mil palavras, ou 100 mil, o importante está sendo todo esse sentimento de felicidade que esse desafio está me trazendo, estou dando um tapa na minha própria cara e mostrando que posso sim escrever muito se eu me esforçar, eu só preciso parar de escutar aquela voz da preguiça que sussurra no meu ouvido quando penso em escrever. É como aquela frase faça a sua própria sorte, pois estou fazendo a minha própria inspiração. 

2 comentários

Write comentários
22 de novembro de 2016 11:47 delete

Já ouvi falar muito do nanowrimo, e apesar de ter algumas histórias e gostar muito de escrever, a vontade de desenvolver minhas narrativas acaba ficando pra depois sempre, principalmente por conta do tanto de leituras que tenho pra fazer, das coisas para estudar, dos trabalhos e etc. Muito legal acompanhar sua experiência, quem sabe me animo! Um beijo : *

Reply
avatar
28 de novembro de 2016 11:30 delete

Nossa, imagino! Pela quantia de resenhas que você faz de livros no blog, imagino o quanto você lê e eu aqui to há um tempão sem ler nada, só lendo as histórias das amigas no Wattpad shuahuashusa mas voltei a ler, amém!
Se não me engano, lá pra abril abre um que chama Camp NaNoWrimo, é tipo um aquecimento, acho que o número de palavras é menor e tal, é mais um pra tentar participar!

Reply
avatar

O que dizer dessa pessoa que está escrevendo um comentário? TE CONSIDERO PAKAS!