ASSISTI NO CINEMA: O AGENTE DA U.N.C.L.E.

08:29 2 Comments A+ a-


TÍTULO ORIGINAL: The Man from U.N.C.L.E.
SINOPSE: Na década de 1960 os até então inimigos mortais Napoleon Solo (Henry Cavill), agente da CIA, e Illya Kuriakin (Armie Hammer), espião da KGB, são obrigados a cooperarem. A grande missão da improvável dupla EUA-Rússia é combater a terrível organização T.H.R.U.S.H., que desenvolve armas nucleares.
GÊNERO: Espionagem, Ação, Comédia
DIREÇÃO: Guy Ritchie
ELENCO: Henry Cavill, Armie Hammer, Alicia Vikander, Elizabeth Debicki
CLASSIFICAÇÃO: Não recomendado para menores de 14 anos. 
[Era pra esse post ter saído há exatamente duas semanas, mas o destino, cruel e perverso, trouxe uma chuva muito louca terça-feira retrasada, que resultou na queda da torre da internet e só hoje o sinal finalmente voltou. Então ao ler esse post, volte no tempo há duas semanas e vamos fingir que é o dia 08 de setembro.]

Eu estou passando por um maravilhoso e gigante bloqueio criativo pra posts, que pra manter o blog na ativa e não parecer que fugi pras colinas, hoje vou falar de um filme que assistir ontem no cinema. De qualquer jeito eu ia falar dele, mas ele está sendo considerado a salvação do blog pra não ficar com cara de abandono. 

Enfim, ontem tive uma incrível tarde em família e fomos ao cinema assistir O Agente da U.N.C.L.E. Minha ideia inicial era assistir dois filmes, pois minhas irmã queria porque queria assistir O Pequeno Príncipe, porém não rolou e fomos todos juntos e felizes assistir O Agente da U.N.C.L.E.

Eu adoro filmes de espiões e eu já estava de olho nesse filme desde que o seu cartaz, há meses, surgiu lá no fundo do corredor do cinema, bem lá no fundo, aquele lugar que você olha os cartazes e pensa “esse ainda vai demorar”. 

Adorei o filme e não porque tinha dois caras gatos, afinal um filme tem que ir além de rostinhos bonitos, mas rostinhos bonitos contribuem. Gostei da caracterização anos 60, em minha cabeça ficava “eu quero sair do cinema e me vestir igual a Gaby”. E gente, que felicidade foi ter uma moça bonita e maravilhosa com o mesmo apelido que eu! Me senti representada. 

O longa tem a sua dose de humor o suficiente pra fazer o cinema inteiro dar boas gargalhadas. 

Eu sou uma pessoa facilmente conquistadas por bromances e não foi diferente com Solo e Kuryakin. É engraçada a forma como o americano e o russo se atacam verbalmente no inicio, existindo uma competição entre ambos, afinal é o que todo mundo espera ao ver Estados Unidos e Rússia trabalhando juntos. 

Admito que o clímax deixou um pouco a desejar, ao menos no meu ver. Sai do cinema com aquela sensação de que faltou algo, mas de longe isso frustrou minhas expectativas, o filme atingiu o seu objetivo e me cativou (sério, agora vou usar essa palavra tipo pra sempre). 

Se você está a procura de um bom longa metragem para assistir, O Agente da Uncle está aí para  eu recomendar e você se entreter. 

2 comentários

Write comentários
28 de setembro de 2015 12:06 delete

Tenho lido só coisas boas sobre esse filme. E as roupas femininas da época são apaixonantes mesmo! Não vi e vou acabar esperando sair para baixar ou na estréia do TeleCine hehehehe.
Beijão

Reply
avatar
28 de setembro de 2015 21:26 delete

AS ROUPAS DA GABY ME FAZEM QUERER ME VESTIR COMO NOS ANOS 80 <3 que coisa linda que é!

Reply
avatar

O que dizer dessa pessoa que está escrevendo um comentário? TE CONSIDERO PAKAS!