COMEÇOS QUE NÃO DÃO CERTO

12:45 4 Comments A+ a-


Começar uma história não é uma tarefa fácil, na verdade se você parar para pensar “como irei começar essa história?” existe uma chance de você travar (é, isso aconteceu comigo), então criei o habito de começar com a primeira coisa que me vem a cabeça. Tem tudo para dar errado? Sim. Assim como pode sair o melhor inicio de história de todos os tempos, pode sair a coisa mais horrível da galáxia, porém não é nada que uma revisão não possa resolver mais tarde, não? A intenção é apenas uma: começar e chegar a onde devo chegar. 

Costumo ouvir/ler muitos autores dizerem que um bom começo é essencial para uma história, ele vai definir se vale a pena ir em frente com aquelas páginas ou não, como leitora eu não tenho dúvidas disso, dificilmente eu perderia meu tempo lendo um livro que já começa de forma desagradável. Sendo assim, como escritores temos a responsabilidade de dar o melhor inicio para a história em nossas mãos, porém esse começo não é crucial apenas para agradar os cérebros sedentos por histórias maravilhosas, ele é importante para você continuar escrevendo. 

Sem querer entrar na questão de escrever de forma não linear (isso é assunto para outro momento), focando apenas no começo mesmo, quando não temos um inicio de história que nos agrada é praticamente impossível sairmos daquela terrível primeira página. Já passei muito sufoco com começos que simplesmente não davam certo, eles me levavam a lugares onde eu não queria estar, ou melhor: onde os personagens não queriam estar. Era tão horrível que eu parecia estar ouvindo o personagem gritar “ME TIRA DISSO!!!”. 

E como faz para fugir dos começos que não dão certo? Bom, a única forma de você descobrir se um começo de história não está dando certo é escrevendo ele, acredite na sua intuição de escritor (principalmente na de leitor), se não estiver bom um alarme gritante vai ligar na sua cabeça. E segundo, a única solução que resta é: começar de novo.

Quando eu comecei a escrever todas vezes que eu pensava em deletar uma coisinha se quer da minha história tosca quase chorava, porque achava um pecado ter que tirar uma coisinha se quer da narrativa, imagine só deletar todo um inicio e começar de novo, o corpo até arrepiava. Já hoje, se eu vejo que alguma coisa não vai me levar a lugar nenhum deleto sem dó nem piedade, chega até a bater um alivio de ter me livrado daquele estorvo.

Cenas de modo geral podem simplesmente travar a sua escrita e não se deve sacrificar uma história inteira por conta disso, apenas respire e reescreva a cena, abordando ela de outro ponto de vista, levando o personagem em outra direção, para fazer outras coisas. Quantas vezes crucifiquei uma história inteira porque chegou em um determinado momento, ela travou e eu achei que a história inteira era o problema, entender que existem começos e cenas que não dão certo foi uma descoberta incrível!

Portanto se tem alguma coisa que não está dando certo na sua história, fiquei tranquilo(a), isso acontece nas melhores famílias! Relaxe, releia e reescreva, as vezes você vai precisar fazer mudanças radicais, outras vezes você só vai precisar colocar seu personagem batendo em outra porta, independente do que for: não tenha medo de mudar!

4 comentários

Write comentários
Carol Justo
AUTHOR
11 de abril de 2016 15:15 delete

Adorei esse post, eu tenho um problema sério, eu começo as histórias, tenho toda ela resumida na minha cabeça e quando chega na metade eu desisto, eu acho que ta ficando uma merda e simplesmente abandono o projeto, espero que eu consiga dar continuidade a outra história que comecei e tuas palavras deste post vão ser bem importantes. Obrigado msm

http://www.pinkisnotrose.com/

Reply
avatar
12 de abril de 2016 11:25 delete

adorei seu port, temos que escrever do começo ao fim focado e sabendo o que vai escrever em sua bela história

Reply
avatar
13 de abril de 2016 16:48 delete

Carol, eu passei muito por isso, viu? Eu começava um história, tudo ia lindamente e do nada travava, eu sempre pensava "essa história ta uma merda!", acabava sacrificando toda uma história por causa de um momento ruim. As vezes tudo o que precisamos fazer é parar um pouco e voltar mais tarde, tentar imaginar a cena de outro ângulo, mudar alguma coisa. Basta nós ouvirmos o que os personagens querer, que tudo vai se encaixando :D
Fico feliz de verdade em ter ajudado!

Reply
avatar
13 de abril de 2016 16:49 delete

Sim!!! Temos que sempre ter o foco total na história, se não acabamos colocando os personagens em caminhos que eles não querem/precisam estar e ai é quando a coisa trava.

Reply
avatar

O que dizer dessa pessoa que está escrevendo um comentário? TE CONSIDERO PAKAS!